sindjus - ma

Terça-feira, 02 de setembro de 2014
Notícias
tamanho fonte 12fonte 14fonte 16

Data da publicação: 31 de janeiro de 2011


Assembléia aprova prestação de contas do Sindjus
Assembléia aprova prestação de contas do Sindjus

A diretoria do Sindicato dos Servidores do estado do Maranhão (Sindjus) cumpriu com o dever político, ético e legal de prestar contas aos seus associados, e à sociedade em geral, acerca dos investimentos sociais e financeiros do sindicato referentes ao ano de 2010.

 

Na manhã de sábado, 29, a diretoria do Sindjus realizou a Assembléia Geral Anual de prestação de contas no auditório do Hotel Premier, em São Luís.

 

Servidores de todo estado do Maranhão participaram do evento que contou ainda com a presença do coordenador geral do Sindjustiça do Rio de Janeiro, José Carlos Arruda. Na ocasião, a diretoria do sindicato assessorada pela empresa de consultoria contábil Modelo Contabilidade apresentou os demonstrativos financeiros do Sindjus com o respectivo detalhamento das receitas, despesas e investimentos da entidade ao longo do ano de 2010.

 

Durante o detalhamento das contas, o tesoureiro, Márcio Andrade, destacou que o desempenho financeiro do sindicato deve-se ao número considerável das mensalidades de novas filiações, complementada pela contribuição sindical compulsória, arrecadados ao longo do ano. “Tivemos uma arrecadação que nos deu possibilidade de manter dinheiro em caixa para qualquer ação emergencial”, disse o diretor.

 

Contabilista Domingos Bispo na prestação de contas 2010 

 

O escritório de assessoria contábil, na presença de seu contador Domingos Bispo Sobrinho, enfatizou que o foco de atuação da empresa é basicamente assessoria contábil para sindicatos. “Queremos deixar claro como se comportaram os bens materiais e as movimentações financeiras do sindicato”, disse.

 

 

Compromisso e transparência

 

O tesoureiro Márcio Andrade avaliou o crescimento da entidade como conseqüência da profissionalização dos serviços e ampliação dos benefícios oferecidos para os associados.

 

Em 2010, o Sindjus investiu mais nos serviços profissionais, na comunicação, nas assembléias. Os serviços profissionais continuam sendo as maiores despesas da entidade somando um gasto anual de R$ 226.392,67.

 

A receita bruta total foi de R$ 1.120.039,12 e as despesas somaram um valor de R$ 905.015,62. O superávit do exercício ficou em R$ 215.239,79. O valor do superávit do sindicato não representa lucro: é a soma do patrimônio social acumulado pela entidade com o dinheiro em caixa.

 

Na avaliação da assessoria contábil, o estado financeiro do Sindjus é considerado estável e bom. “Temos uma base de cálculo que para cada R$1,00 gasto com despesas temos em caixa o valor R$ 1,99. Desta forma, o sindicato possui uma reserva considerada de controle financeiro no caixa”, disse Domingos Bispo.

 

O Balancete já está disponível no site do Sindjus www.sindjus.org.br no índice Prestação de contas.



Fonte: Alexandre Bruno - Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário para a notícia

Comente esta notícia



imprimir Outros Enviar para um amigo
Últimas Notícias